sexta-feira, 20 de maio de 2011

O uso inteligente das forças da natureza

As energias renováveis são a promessa de menos desgaste do meio ambiente e de um futuro mais seguro para a humanidade – que pode ficar a salvo dos perigos das mudanças climáticas.

Vento a favor

Energia eólica

  • As turbinas são feitas de materiais leves, como fibras de vidro e carbono.

 

estrutura da turbina eólica

  • A diferença entre turbina eólica e moinho de vento é o gerador, que usa a rotação mecânica do eixo para produzir energia elétrica. Dentro do gerador há uma bobina metálica wu produz eletricidade por indução.
  • Na central de transmissão estão os fios que saem das turbinas. Dali, a energia parte direto para a rede elétrica.

energia-eolica

  • Na sua vida: o valor final da conta de luz não muda para o consumidor. O que vale é a consciência leve em saber que há menos desgaste dos recursos naturais.

Não jogue fora

Biomassa

Biomassa

  • O bagaço da cana-de-açúcar que sobra na indústria alcooleira é queimado em caldeias de alta pressão.
  • O procedimento gera energia elétrica e aumenta os ganhos da indústria do álcool (o que iria para o lixo se torna combustível).
  • As novas usinas são construídas com co-geração de energia, que aproveita o bagaço da cana.
  • Na sua vida: não afeta diretamente o cotidiano do consumidor. Mas quem tem carro a álcool – já ecologicamente correto – sabe que está ajudando o planeta.

Luz do dia

Energia solar

energia-solar-malaga

  • Existem dois tipos de energia solar, ambas captadas por painéis solares. Na fototérmica, a energia aquece água para o banho, ar para calefação, secagem de grãos.
  • A fotovoltaica é a conversão direta da luz em eletricidade, que chega ao sistema de energia através de fios condutores.
  • Na sua vida: o equipamento para gerar energia numa casa de quatro pessoas não custa menos de R$ 8 mil. A tecnologia tende a ser bem mais barata nos próximos anos graças a sua expansão.

Nas ondas do mar

Energia maremotriz (mecânica)

Maremotriz

  • 3,5 metros de diâmetro é a medida dos tubos que são unidos por anéis
  • No interior do módulo há bombas hidráulicas de alta pressão que são ativadas com a oscilação das ondas do mar.
  • Com esse movimento, geradores convertem energia cinética em eletricidade, levada à terra firme através de cabos submarinos.
  • Na sua vida: na mesma linha da energia eólica, o valor do gasto final de energia não muda para o consumidor. O que vale é a consciência tranquila.

Transporte Ecológico

Célula combustível para hidrogênio e oxigênio

onibus-hibrido-20090701163413

  • Bateria (célula de combustível) que combina o hidrogênio e o oxigênio para gerar eletricidade.
  • Os ônibus movidos a célula de combustível usam um motor elétrico com hidrogênio armazenado em tanques no teto dos veículos. O único resíduo é a água, eliminada em forma de vapor.
  • Na sua vida: o programa Clean Urban Transporte for Europe testou a primeira geração de ônibus movido a célula combustível em cidades como Porto, Londres e Barcelona.

Carro híbrido (ou elétrico)

carro hibrido

  • É um carro comum, mas o motor a gasolina é trocado pelo motor elétrico, que é recarregado por baterias.
  • Bomba de água, direção hidráulica e ar-condicionado também são movimentados por um sistema elétrico. O carro é bastante silencioso. As baterias duram de 3 a 4 anos.
  • Na sua vida: o custo as eletricidade é de R$ 0,50 por quilowatt/hora. Para uma recarga completa, o custo será de R$ 6,00. O custo por quilômetro, então, é de cerca de R$ 0,075, apenas 37,5% do carro a gasolina.

Biocombustível

biocombustivel

  • Pode ser feito de cana-de-açúcar, mamona, óleo de palma, milho, trigo e cevada. A substância misturada com água e um tipo de enzima vai para um forno e é liquefeita.
  • A mistura é resfriada, recebe outra enzima, que a converte em açúcares. Acrescentados de levedura, fermentam. O líquido é destilado e recebe uma pequena quantidade de gasolina.
  • Na sua vida: em 2006, o biocombustível alimentava 1% d transporte terrestre mundial. A estimativa é de que se multiplique por quatro em 20 anos.

Texto da Revista ISTOÉ do ano de 2008

Fique Sabendo!

é pernambucano, e é estudante e blogueiro nas horas vagas. Gosta de estudar, ler livros, assistir a bons filmes e séries. Na internet gosta de ler notícias interessantes, tecnologia e TV. Também escreve no Mundo Geek.
comments powered by Disqus

 

Copyright @ 2011-2015 Fique Sabendo!.