quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Por que ninguém vê os filhotes de pombo?

Enquanto estudava vi um texto no meu livro da revista Mundo Estranho que fez uma pergunta aos seus leitores: “Por que ninguém vê os filhotes de pombo?”. Eles iriam selecionar as respostas mais criativas e mais corretas e publicar e os autores das respostas iriam ganhar um ano grátis de assinatura. Achei interessante não só a pergunta como também as respostas. Veja-as abaixo:

A resposta mais criativa

Busquei essa resposta com o pai-pombo, que é inquilino do meu telhado. Ele me explicou que os pombos proíbem os filhotes de sair de casa por causa da onda de violência das cidades – é muito sequestro-relâmpago e bala perdida! Perguntei ao pai-pombo como a filharada fazia para matar a curiosidade de conhecer o mundo lá fora. Ele disse que hoje em dia, com a internet, ninguém precisa mais sair de casa para ficar por dentro do que acontece. Peraí, internet? Será que é por isso que meu teclado vive cheio de caca de pombo?

(Ademir da Costa – São Paulo, SP)

A resposta mais correta

Nas grandes cidades, os filhotes de pombos não são vistos com frequência porque os recém-nascidos ficam em seus ninhos por mais ou menos um mês. Nesse período, ele são bem vulneráveis e precisam ser alimentados pela mãe. Além disso, essas aves constroem seus ninhos em locais altos, como prédios, torres de igrejas, forros de casas e beirais de janelas. Como esses lugares geralmente são escondidos e de difícil acesso, é raro encontrarmos no nosso dia a dia algum ninho de pombos com filhotes.

(Carlos Eduardo Pires – Mauá, SP)

 

[…] O biólogo Martin Sander, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), em São Leopoldo (RS), dá outras pistas: “Ao contrário dos pintinhos da galinha, que saem do ninho assim que chegam ao mundo, os filhotes de pombo nascem sem penas e precisam de cuidados intensivos de cerca de 50 dias. Depois dessa fase, com um tamanho bem próximo do de um pombo adulto, os jovens ganham as ruas e se misturam com os mais velhos. Para quem observa tantas aves juntas, é difícil distinguir um pombo novo de um idoso”.

(Mundo Estranho, nº 27.)

Viu só? Legal né? Tem coisas no nosso dia a dia que nem nos perguntamos, de tanto que a rotina nos deixa presos ao que temos o que fazer. Não sobra tempo de admiração, pensamento, nada. Mas agora você sabe por que ninguém vê os filhotes de pombo.

Jóckisan

é pernambucano, e é estudante e blogueiro nas horas vagas. Gosta de estudar, ler livros, assistir a bons filmes e séries. Na internet gosta de ler notícias interessantes, tecnologia e TV. Também escreve no Mundo Geek.
comments powered by Disqus

 

Copyright @ 2011-2015 Fique Sabendo!.