quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A Cama Elástica no Desenvolvimento da Criança


É fato que todo mundo adora as camas elásticas, mas quem brinca mesmo e pode se divertir por horas e horas é a criançada. Não existe uma criança que diga não ao ver uma cama elástica, não é verdade?
Uma cama elástica, que por vezes também possibilita que os adultos também se divirtam, é capaz de realizar a todos. A melhor parte é ver a alegria nos rostos dos pequenos e os inúmeros benefícios que ela pode proporcionar, desde a parte física até o desenvolvimento motor de uma criança.

Curiosidade: Você sabia que a cama elástica pode ajudar no autismo?


O autismo é um transtorno de desenvolvimento que aparece nos três primeiros anos de vida, ele afeta o desenvolvimento normal do cérebro relacionado às habilidades sociais e de comunicação.
Crianças com autismo tendem a aprender de forma mais proveitosa quando são capazes de fortalecer o seu desenvolvimento intelectual com os movimentos físicos.
A cama elástica é comumente recomendada pelos médicos por estimular um aumento na resistência muscular, óssea e cardiológica. Elas permitem melhoras no equilíbrio e na consciência cinestésica.

Dicas e Cuidados



  • Nunca exceda o número de crianças indicadas pelas instruções na cama-elástica, caso tenha mais crianças do que o número estipulado e faça um plano de revezamento, para que todos possam se divertir com segurança.
  • Respeite a faixa etária sugerida pela marca, existem camas elásticas feitas para cada idade, para prevenir danos tanto a quem está brincando, quanto ao próprio brinquedo quando é usado de forma inadequada.
  • Se as crianças tiverem menos de 6 anos, é aconselhável colocar algumas almofadas ao redor, desse jeito evita colisões que possam machucá-los.
  • As redes de proteção evitam grandes quedas, sempre é bom alugar ou comprar uma cama elástica que as tenha.
  • Evite que as crianças brinquem na cama elástica logo após uma refeição como almoço ou jantar, pois são refeições completas e devem fazer a digestão antes de se exercitarem.
  • Se o número de crianças for grande, tenha sempre mais de um adulto para vigiá-los, pois tomar conta de uma criança já não é uma tarefa fácil, imagina tomar conta de 10 ou mais?
  • E por ultimo, as crianças só querem se divertir, então é preciso tomar cuidado com o excesso de preocupação dos pais e deixar a diversão fluir.


*Por: Helena Gianella


Joice Vicentim

é curiosa de nascença, publicitária com veia digital e blogueira por paixão! :)
comments powered by Disqus

 

Copyright @ 2011-2015 Fique Sabendo!.