quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Os tipos de tratamento de drogas: Maconha




*Por: Renata Stori
O tratamento para maconha envolve uma grande diversidade de terapias, cada uma age sobre algum tipo de deficiência da vida do dependente químico.
Para poder falar mais a fundo sobre o assunto de tratamento de drogas, é preciso saber melhor o que realmente é a maconha e seus efeitos.
A maconha
A maconha, também chamadas de Cannabis Sativa, é uma erva com origem em regiões temperadas e tropicais que pode ser fumada ou inalada. Seus efeitos são diversos, porém os que se destacam são:
Taquicardia; secura na boca; vermelhidão nos olhos; Pode produzir variações de humor que vão da euforia ao mal-estar e à sensação de infelicidade; Delírios e alucinações também são registrados.
Tipos de tratamentos
Para que o viciado em maconha receba o tratamento adequado, são necessários basicamente de três fatores: Motivação do usuário, suporte dos familiares e a possibilidade de uma intervenção médica.
Veja como funciona cada uma desses fatores.
Motivação do usuário
Muitas vezes o usuário consegue perceber a tempo de que é um dependente químico e consegue, a tempo, cessar o consumo da droga que muitas vezes prejudica o rendimento escolar e no ambiente de trabalho desse dependente.
A maconha é uma droga, como o álcool e o cigarro, que muitas vezes gera curiosidade em outras drogas. Conseguir largar a droga sem ajuda médica é fundamental para o dependente.
Suporte dos familiares
O suporte dos familiares é fundamental para o usuário, pois muitas vezes a droga causa depressão nos usuários, por isso a motivação dos parentes é essencial e muitas vezes faz com que o usuário da droga dê continuidade ao tratamento.
Intervenção médica
Quando o usuário necessita da intervenção médica ou psicológica é resultado de uma dependência muita aguda e muitas vezes quando o usuário não deseja ser tratado.
Muitas vezes os usuário precisam ser internados em casas de reabilitação para que a dependência da droga seja curada e o drogado volte com sua rotina original sem as drogas.
*Renata Stori é redatora na Agência EX2. Estudante de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda na Faculdades Metropolitanas Unidas.

Joice Vicentim

é curiosa de nascença, publicitária com veia digital e blogueira por paixão! :)
comments powered by Disqus

 

Copyright @ 2011-2015 Fique Sabendo!.